Guia de viagem de Cuba

Saiba mais sobre a ilha paradisíaca do Caribe.

Descubra Cuba »

Comece a planejar suas férias e economize até 400 euros!

Garanta já o seu desconto Espresso ☕ !

Saiba mais

Turismo em Cuba - Havana

O nosso guia oferece a você todas as informações necessárias sobre o turismo em Cuba - Havana. Prepare sua viagem com antecedência e conheça tudo aquilo de que poderá desfrutar nesta grande cidade: o que ver em Havana, onde comer, o estilo de vida e algumas dicas práticas.

Desfrute da atmosfera da capital de Cuba, Havana, o sonho de tantos viajantes internacionais. Por que não tornar este sonho realidade enquanto aprende espanhol? A capital cubana atrai milhares de turistas todos os anos que vêm para passear por suas ruas, admirar a sua arquitectura única e absorver a cultura. Os ritmos da Salsa, o clima cálido e praias de areias brancas e finas fazem de Havana o local de férias ideal.

Cuba - destaques culturais

A ilha caribenha possui uma cultura com grande diversidade. Música e dança são partes importantes da vida cubana. Danças conhecidas como o Son, o Mambo, a Salsa, o Cha Cha Cha ou a Rumba têm aqui a sua origem. Além da música, a literatura também é muito importante em Cuba. Os entusiastas da literatura do povo cubano, portanto, se encontram regularmente nos centros culturais locais para recitar suas obras e poemas uns para os outros. Um dos escritores mais famosos é Ernest Hemingway. O americano morou em Cuba por mais de 20 anos.

Curiosidades sobre Cuba

✓ Capital: Havana

✓ Forma de governo: República

✓ População: 11.238.317

✓ Chamada de emergência polícia: 106

✓ Código do país: +53


Informações gerais sobre Cuba

Geografia

Cuba é um arquipélago formado pela ilha principal de mesmo nome, a Isla de la Juventud, e cerca de 4195 ilhas menores. O arquipélago faz parte das Grandes Antilhas. Cuba faz fronteira com o Golfo do México ao noroeste, o Oceano Atlântico ao norte e o Mar do Caribe ao sul. A distância até o continente americano é de 180 km. A Península de Yucatán, no México, fica a 210 km de Cuba.

Fuso horário

A diferença entre o Horário Padrão de Cuba e o Horário de Brasília (BRT) é de -2 horas.

Clima e temperatura

O clima em Cuba é tropical, é determinado pelos ventos alísios do nordeste. De novembro a abril é a estação seca, e de maio a outubro é a estação chuvosa. Ciclones tropicais são esperados de junho a novembro, e a região economicamente fraca de Cuba é frequentemente atingida causando muitos danos. No entanto, Cuba agora tem um sistema de proteção civil que funciona muito bem.
As temperaturas no verão ficam em média em torno de 25 a 30 graus Celsius durante todo o ano. Com cerca de 200 dias de sol por ano, Cuba é, portanto, um ótimo destino de viagem durante todo o ano. No entanto, os meses mais secos de novembro a abril são os preferidos.

Janeiro

☀️ Máxima: 26°
❄️ Mínima: 18°
🕗 Horas de sol: 6h
🌧️ Dias chuvosos: 6

Fevereiro

☀️ Máxima: 27°
❄️ Mínima: 19°
🕗 Horas de sol: 7h
🌧️ Dias chuvosos: 5

Março

☀️ Máxima: 28°
❄️ Mínima: 19°
🕗 Horas de sol: 8h
🌧️ Dias chuvosos: 4

Abril

☀️ Máxima: 29°
❄️ Mínima: 21°
🕗 Horas de sol: 9h
🌧️ Dias chuvosos: 5

Maio

☀️ Máxima: 30°
❄️ Mínima: 22°
🕗 Horas de sol: 9h
🌧️ Dias chuvosos: 7

Junho

☀️ Máxima: 31°
❄️ Mínima: 23°
🕗 Horas de sol: 8h
🌧️ Dias chuvosos: 10

Julho

☀️ Máxima: 31°
❄️ Mínima: 24°
🕗 Horas de sol: 9h
🌧️ Dias chuvosos: 9

Agosto

☀️ Máxima: 32°
❄️ Mínima: 24°
🕗 Horas de sol: 8h
🌧️ Dias chuvosos: 10

Setembro

☀️ Máxima: 31°
❄️ Mínima: 24°
🕗 Horas de sol: 7h
🌧️ Dias chuvosos: 11

Outubro

☀️ Máxima: 29°
❄️ Mínima: 23°
🕗 Horas de sol: 6h
🌧️ Dias chuvosos: 11

Novembro

☀️ Máxima: 27°
❄️ Mínima: 21°
🕗 Horas de sol: 5h
🌧️ Dias chuvosos: 7

Dezembro

☀️ Máxima: 27°
❄️ Mínima: 20°
🕗 Horas de sol: 5h
🌧️ Dias chuvosos: 6


Organizando viagens para Cuba

Requisitos de entrada

Para uma estadia máxima de 30 dias, você precisa de um cartão de turista (que pode ser estendido uma vez por 30 dias). O cartão de turista deve ser adquirido antes de entrar no país e está disponível na embaixada de Cuba e em algumas companhias aéreas no aeroporto.
Para uma estadia mais longa, é necessário um visto, que também é emitido pela embaixada de Cuba. Uma carta pode ser necessária para isso. Esteja ciente de que caso você precise de um visto para Cuba, você terá que solicitar com antecedência, já que os processos burocráticos sempre podem levar mais tempo do que o desejado.

Mais Informações

Recomendamos para você em qualquer caso que entre em contato com a Embaixada ou Consulado de Cuba em seu país para receber informações sobre o tipo de visto para Cuba. Para mais informações, por favor acesse ao site da Embaixada ou Consulado de Cuba: Embaixadas ou Consulados de Cuba no Brasil e Embaixadas ou Consulados de Cuba em Portugal.

Moeda

Existem duas moedas em Cuba. O original Peso Cubano (CUP, símbolo: Cub$) e o Peso Conversível (CUC, símbolo: $), que existe desde 1994. Dólares americanos não são aceitos como pagamento desde 2004. Como turista você paga com o Peso Conversível, que é dividido em 100 centavos. Existem notas de 1, 3, 5, 10, 50 e 100 pesos. Existem também moedas de 1, 5 e 10 centavos e 1 e 3 pesos. Aqui está o conversor de moeda.

Assistência médica

Todas as pessoas que queiram viajar a Cuba precisarão de um seguro de viagem com cobertura médica, que atenderá você durante toda a sua estadia. Essa é uma medida obrigatória para todos os turistas e não é recomendável viajar sem garantir este ponto. O seguro de viagem escolhido deverá ser providenciado por entidades de seguros reconhecidas em Cuba.

Caso você viaje sem seguro de saúde contratado em seu país, poderá contratar um no próprio aeroporto de Cuba, mas não é recomendável.

As condições de saúde e a infraestrutura dos serviços médicos não são parecidos com as do europeu, embora a formação recebida pelos médicos e especialistas em Cuba seja a mesma. Os estrangeiros são atendidos em hospitais específicos somente para eles, mas os custos também são equivalentes aos hospitais e institutos estrangeiros.

É aconselhável levar um durante a viagem comprimidos antidiarréticos, creme solar e um dos mais importantes: repelentes antimosquitos. Também é recomendável tomar cuidado com a higiene e ter algumas precauções na ingestão de alimentos.

Checklist do que levar para a viagem

Para que você esteja perfeitamente preparado, preparamos um checklist para você.


Sociedade e vida cotidiana em Cuba

Religião

Cuba foi um estado ateu até 1992. Só se tornou laico depois de uma mudança constitucional, o que significa que os crentes agora também podem ser politicamente ativos. As religiões mais representadas são o catolicismo e a santería, uma religião mista da religião tradicional dos iorubás da África Ocidental e elementos cristãos. Muitas comunidades protestantes cubanas surgiram nos últimos anos. As Testemunhas de Jeová também têm forte presença em Cuba.

Política

A forma oficial de governo em Cuba é a república. O poder emana do aparato estatal, do exército e do Partido Comunista de Cuba (único partido legal). O chefe de Estado Miguel Díaz-Canel dirige as três instituições.

Idioma nacional e comunicação

O idioma nacional é o espanhol. O espanhol falado lá tem algumas diferenças em relação ao idioma padrão falado na Espanha. No entanto, é semelhante ao idioma de outros países de língua espanhola no Caribe, como a República Dominicana, Porto Rico e as costas caribenhas da Colômbia e da Venezuela.
A forma tradicional de saudação em Cuba é apertar as mãos. Os locais se cumprimentam com a saudação "Compañero", mas como turista você deve dizer "Señor" ou "Señora". Todos os cubanos têm dois sobrenomes, mas se você os chama pelo nome, usa apenas o primeiro.

Transporte público

A ilha tem uma rede rodoviária bem desenvolvida, mas as estradas estão frequentemente em más condições, portanto deve ter cuidado ao conduzir. Há também uma empresa ferroviária e uma empresa de ônibus intermunicipais, que também opera os chamados ônibus "Viazul" para turistas. A Isla de la Juventud e outras ilhas podem ser alcançadas por balsa, bem como as baías portuárias de Santiago de Cuba, Cienfuegos e Havana.


Cultura e História de Cuba

História

Os primeiros habitantes de Cuba chegaram na América Continental no ano de 4500 a.C., em 4 vagas de migração diferentes, sendo a última em 500 a.C.

Com a Descoberta da América por Colombo, com ordens do Reino da Espanha, em 1492, milhares de índios aborígenas foram vítimas das guerras contra a Espanha e das doenças infecciosas levadas pelos os europeus. O número de índios aborígenes caiu para menos de 5000, logo os espanhóis tiveram que levar escravos africanos como mão-de-obra. Estes tinham que trabalhar na mineração, na pecuária e na confecção de couro.

Devido as disputas com outras potências européias, foi construída a fortaleza de Havana e se estabeleceu que todos os navios com destino à Espanha deveriam partir de lá. Isto permitiu o rápido enriquecimento da região.

No Séc XVIII, as tropas britânicas ocuparam a ilha. Para o cultivo da cana-de-açucar foram levados mais escravos da África e em 1820, Cuba se transformou no primeiro produtor de açúcar do mundo. Os espanhóis mudaram a penísula da Flórida para Cuba, mas perderam o seu domínio no ano de 1898 para os Estados Unidos. No início do século XIX, Cuba adquiriu a sua independência, mas ainda era submetido ao controle militar dos Estados Unidos, que poderiam intervir na política da ilha sempre que o considerasse adequado. O primeiro presidente da república foi Tomás Estrada Palma, nomeado em 1902.

Mediante um golpe de estado, Fulgencio Batista tomou o poder, substituindo o presidente imposto pelos os Estados Unidos, mas a insatisfação populares e a queda da economia cubana começaram a se fazer sentir. Em 1959, as tropas revolucionárias comandadas por Fidel Castro conseguiram colocá-lo no poder como um ditador.

O governo de Fidel Castro começou tomandos medidas que proibiram a propriedade privada e chegaram às reformas agrárias, prejudicando principalmente os interesses dos Estados Unidos, que deram início ao bloqueio econômico da ilha. Apesar da ajuda prestada pela União Soviética, a economia cubana decaiu aquando do final da União Soviética. Na segunda metada dos anos 90, a economia estabilizou devido aos recursos obtidos através do turismo, das remessas de dinheiro dos cubanos que se encontravam fora do país, e da associação comercial com a Venezuela.

Em 2008, e depois de 32 anos no poder, Fidel Castro entregou o governo ao seu irmão, Raúl Castro, por motivos de saúde. Desde então, foram criadas diferentes medidas para a abertura da política da ilha ao exterior. Após a renúncia de Raúl Castro, em 2018, Miguel Díaz-Canel assumiu o poder.

Eventos em Cuba

Havana Cigar Festival: (fevereiro - março) Todos os anos, os amantes de charutos de todo o mundo se reúnem no exclusivo "Festival del Habano". Aqui tudo gira em torno do prazer do charuto: são apresentados novos charutos, são visitadas plantações e fábricas e são oferecidos seminários onde os visitantes podem praticar o enrolamento de charutos.

Boleros de Oro: (junho) A cada dois anos você pode assistir ao Festival Boleros de Oro em Havana. O gênero musical do bolero é celebrado aqui. Este festival é realizado em Havana desde 1987 e é considerado o mais antigo do gênero na América Latina. Este festival foi realizado pela primeira vez em Havana, mas agora se espalhou por todo o país.

Carnaval de Havana: (julho - agosto) Você não deve perder o carnaval no Caribe: Este tradicional espetáculo de desfiles, fantasias coloridas, festivais de rua luxuosos, danças selvagens e fogos de artifício encantadores acontece em Havana desde 1573.

Festival Internacional de Balé: (outubro - novembro) A cada dois anos, o Festival de Balé acontece no "Gran Teatro de La Habana Alicia Alonso", fundado em 1960, logo após a revolução cubana. Hoje é parte integrante da cena cultural cubana. Bailarinos de todos os continentes estão aqui representados e apresentam danças criativas de alto nível.

Festival Internacional de Cinema: (dezembro) Vale a pena assistir ao festival de cinema de Havana para os fãs da América do Sul: todos os anos, principalmente filmes sul-americanos são apresentados aqui. Durante o festival, são atribuídos prêmios aos melhores filmes.

Feriados públicos

Em 1º de janeiro, é comemorado o Día de la Liberación (Dia da Libertação) , porque em 1º de janeiro de 1959 foi proclamada a vitória da revolução.
1º de maio, como em muitos outros países, é o Día de los Trabajadores (Dia do Trabalhador ).
O Día de la Rebeldía Nacional (Aniversário da Revolução) é comemorado nos dias 25, 26 e 27 de julho. Em 26 de julho de 1953, Fidel Castro e um grupo clandestino invadiram o quartel Moncada em Santiago de Cuba e o quartel Céspedes em Bayamo, iniciando a revolução.
10 de outubro marca o Inicio de las Guerras por la Independencia (início da Guerra da Independência)

Alimentação

A culinária cubana é uma combinação de pratos espanhóis, africanos e caribenhos. Feijão preto e arroz são básicos. Os vegetais locais incluem tomate, milho, batata, mandioca e pimentão, muitas vezes combinados com legumes, abóbora, repolho, frango e carne de porco. Peixes e frutos do mar costumam ser muito caros e só estão disponíveis nos restaurantes (dos hotéis).


Curiosidades sobre Cuba

Erros mais frequentes

Ao contrário de seus vizinhos da América Latina, os cubanos cumprem rigorosamente as leis e regulamentos por medo de sanções, e os turistas devem fazer o mesmo.

Deitar de topless na praia é malvisto pelos cubanos e só deve ser feito nas praias de resorts com tudo incluído.

As crianças não podem mendigar em Cuba. No entanto, muitas crianças gostam de levantar as mãos quando veem turistas. Evite dar-lhes dinheiro.

Diga adeus à ideia de que a internet funciona da mesma forma em Cuba e na Europa. Quase não há WiFi em Cuba e para usá-lo você precisa de um cartão de internet.

Dicas + Truques

Os garçons são muito mal pagos em Cuba. Muitas vezes são pagos em pesos cubanos, que não valem muito, mas recebem gorjeta em pesos conversíveis. Como resultado, a gorjeta tornou-se um salário não oficial. Por favor, tenha isso em mente ao pagar! No restaurante é normal 10% (às vezes já está incluído, você pode dar ao guia 5 CUC por dia e ao seu motorista 3 CUC/dia.

Pequeno dicionário

PORTUGUÊS

ESPANHOL

Olá!

¡Hola!

Bom dia!

¡Buenos días!

Boa tarde!

¡Buenas tardes!

Bem-vindo

¡Bienvenido/a!

Como você está?

¿Como estas?

Bem, obrigada

¡Bien, gracias!

E você?

¿Y tu?

(Muito) obrigada!

¡(Muchas) gracias!

De nada!

¡Con mucho gusto!

Boa noite!

¡Buenas noches!

Até logo!

¡Hasta más tarde!

Tchau!

¡Adios!

Estou perdida

Estoy perdida

Posso te ajudar? ou precisa de ajuda?

¿Puedo ayudarte? o ¿necesitas ayuda?

Desculpe, pode me ajudar?

¿Disculpe, puede ayudarme?

Onde está o banheiro/farmácia?

¿Donde esta el baño/la farmacia?

Desculpa, você fala (inglês)?

¿Disculpe, usted habla (inglés)?

Meu nome é ....

Me llamo …

Vídeos

Excursão a Cuba com Sprachcaffe

A ilha de Cuba tem muito a oferecer. Em nosso vídeo você pode coletar algumas impressões dos tours da Sprachcaffe e imaginar que você já esteve lá:

Praias de areia branca, florestas tropicais e frutas exóticas direto da árvore - isso é Cuba! A Sprachcaffe leva você em uma viagem de ida e volta única: